Território Intangível

Território intangível narra biograficamente a documentação de uma investigação de sítios arqueológicos na floresta andina,  região de encontro entre Amazônia e Cordilheira.

Realizar este percurso em gesto sensível  deu outra dimensão aos afetos do meu deslocamento, como um caminho possível de contar esta história que apreende no intenso corpo a corpo com os outro corpos, sejam eles humanos, celestes ou infinitesimais. Este ensaio tenta perguntar onde está a linha que separa o que é corpo e o que é território? Não seria nossa sintaxe limitada demais para dar conta destas relações ?

Perú - Yanatile 2016